Por que e como abrir uma franquia?

0
1232
como abrir uma franquia

O empreendedorismo apresenta diversos caminhos para quem deseja ter um negócio. Certamente, a franquia é uma das alternativas mais visadas pelos candidatos a empreendedores. Afinal, este é um mercado que está em franco crescimento no país, mesmo com a crise.

Para você ter uma ideia, o crescimento do setor no ano de 2018 ultrapassou os 7%. Considerando que 2018 foi um dos mais conturbados anos para a economia nacional, permeado por eventos esportivos, políticos e sociais, foi um ótimo desempenho.

Se você deseja dar um salto no faturamento de sua empresa, descubra o que é preciso para se tornar um franqueador.

O que é uma franquia

Basicamente, franquia é uma relação comercial entre duas empresas. Nesse modelo, uma concede à outra o direito de usar a sua marca e comercializar os seus produtos e serviços. 

Portanto, nessa relação comercial existem dois lados: o franqueador e o franqueado.

Franqueador

É o dono da marca que dá origem à rede de franquias. É o detentor dos direitos de uso e do conhecimento agregado às operações. Muitas vezes, cumpre o papel de fornecedor exclusivo para o franqueado, mas essa não é uma obrigatoriedade.

Franqueado

É aquele que entra em uma rede de franquias, investindo no direito de usar a marca mediante o pagamento da taxa de franquia e cumprimento do contrato.

Não é um sócio ou filial do empreendimento originário, pois cada unidade de franquia é uma empresa com personalidade jurídica diferente. O que une as empresas é a relação contratual.

Cada rede de franquias estabelece as condições para a entrada de novos franqueados. Por isso, é importante definir em seu planejamento as regras para os novatos no negócio.

Vantagens de ser um franqueador

Franquear uma empresa tem muitas vantagens para o empreendedor e a principal delas é a expansão da marca dele.

Por meio do franchising, você leva a sua empresa a novos mercados consumidores. Certamente, uma atividade que seria muito mais difícil realizar se atuasse sozinho.

Veja mais algumas vantagens do modelo de franchising para os franqueadores.

Menor investimento para expansão

Os custos de instalação da nova unidade são de responsabilidade do franqueado. O franqueador geralmente disponibiliza o treinamento e o plano de negócios, com recomendações sobre pontos para instalação, número mínimo de funcionários etc.

Mais visibilidade e fortalecimento da marca

Geralmente, aumentar a visibilidade de uma marca leva muito tempo e exige um investimento alto em ações de marketing. No entanto, quando uma empresa com um bom padrão de serviços decide se tornar franqueadora, ela leva a sua marca e o seu posicionamento a várias praças.

Diversos mercados e regiões que a empresa jamais alcançaria passam a conhecer o seu portfolio de produtos e serviços.

É muito importante que os franqueados mantenham o nível de qualidade e serviço estabelecido pela franqueadora, pois é a reputação dela que estará em jogo.

Redução de custos operacionais

Ao construir uma rede sólida de franqueados, o volume de matérias-primas e serviços necessários para a produção é multiplicado.

Afinal, em vez de termos apenas uma unidade compradora, teremos várias, com volume variável. Desse modo, aumenta o poder de barganha da rede junto aos fornecedores de insumos e ganha-se em economia de escala.

Quanto maiores os pedidos, mais fácil obter descontos e vantagens competitivas. Além disso, desenvolvendo uma boa gestão da cadeia de suprimentos, é possível otimizar os custos com logística e encontrar oportunidades para atender diversos franqueados.

Foco na expansão do negócio

Ao franquear o seu negócio, você poderá se dedicar às atividades mais estratégicas do empreendimento e ter mais tempo livre.

Quando se está diretamente envolvido com atividades operacionais e administrativas de uma loja, é mais difícil encontrar tempo para desenvolver planos estratégicos e ações que tragam mais resultados a longo prazo, como:

  • estratégias de marketing;
  • pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços;
  • negociações e acordos mais vantajosos para a empresa;
  • desenvolvimento de parcerias para o negócio.

Como abrir uma franquia

As etapas que envolvem o processo de adesão ao sistema de franchising não devem ser ignoradas, pois delas depende o sucesso de sua empresa.

Elaboração do plano de negócios

Em primeiro lugar, é preciso avaliar o mercado em que a empresa está inserida e se o modelo de franchising realmente é o melhor para ela.

É nessa fase que é definido o modelo de franquia e os padrões a serem utilizados. Do mesmo modo, calcula-se o investimento e o retorno esperado.

O produto dessa etapa é o plano de expansão, que conta, entre outras coisas, com:

  • o prazo de retorno para o capital investido;
  • a taxa de franquia que cobrada de cada franqueado;
  • o valor dos royalties;
  • os percentuais de fundo de propaganda;
  • as demais taxas a serem cobradas dos franqueados.

Elaboração dos instrumentos jurídicos

A lei que regulamenta o franchising no Brasil é a nº 8.955/1994. Nela, estão definidos quais devem ser os instrumentos jurídicos obrigatórios de uma franquia, como a Circular de Oferta de Franquia (COF).

Além disso, elabora-se o pré-contrato e o contrato, informando sempre as condições e características da franquia.

Também é possível acrescentar documentos que pareçam necessários, como recibos, protocolos de entrega e orientações para os franqueados em novas etapas do negócio.

Etapa de manualização da franquia

Nessa etapa, são criados os manuais da franquia. Estes são os documentos que orientarão os novos franqueados quanto à implantação de novas unidades.

Os manuais também servem como base para orientar o trabalho da equipe da própria da franqueadora, pois neles está detalhado todo o projeto, desde a arquitetura e decoração até o mapeamento de processos e treinamentos.

Aqui, fizemos um resumo dos principais passos para se tornar um franqueador. No entanto, estas não são as únicas ações a serem tomadas. O ideal é procurar uma assessoria contábil e jurídica ou consultoria especializada em franquias para acompanhar todo o processo.

Certamente, ao seguir o caminho certo, esse será um grande passo para a história da sua empresa!