Passo a passo da criação de site

0
764
criação de site

As pessoas estão cada vez mais conectadas à internet, buscando informações sobre produtos e serviços que desejam. Neste cenário, a criação de site tornou-se uma necessidade para as empresas. Para elas, o site serve como cartão de visitas e vitrine digital. Ele mostra as informações necessárias sobre a empresa, além dos serviços e produtos disponíveis.

No entanto, a maioria dos empreendedores ainda encontra dificuldades durante a criação de site para seus negócios. Por isso, neste post, vamos explicar passo a passo a criação de site. E também vamos falar sobre sua importância. Além disso, vamos mostrar porque ele pode ser um poderoso aliado para o crescimento de sua empresa.

Acompanhe!

Importância do site empresarial

Antes de mostrar o passo a passo para criação de site, precisamos explicar a importância que ele tem. O site é uma estratégia para todos os tipos de empreendimento, sejam eles online ou físicos.

Atualmente, quando precisamos comprar algum produto ou contratar um serviço, fazemos a pesquisa diretamente em buscadores, como Google e YouTube. Isto porque desta foram é possível encontrar facilmente as soluções e produtos oferecidos pelas empresas.

Geralmente, os itens que aparecem na primeira página são os mais clicados. Eles levam as pessoas para os sites das empresas. Neles é possível se informar sobre os produtos e serviços que se está buscando.

Por isso, ter um site é uma ótima estratégia para atingir clientes em potencial. Além disso, ele permite o relacionamento. Isto pode ser feito a partir da publicação de conteúdo, diretamente no site ou em blog linkado a ele.

Site, blog e redes sociais: aliadas dos negócios

Mesmo com essas vantagens, nem sempre o site é o meio preferido pelos empreendedores. Muitos preferem utilizar apenas as redes sociais. Isto porque entendem melhor a forma de utilização delas. Além disso, existe uma crença de que a gestão de sites é muito complexa.

No entanto, em plataformas como Facebook e Instagram, por exemplo, o conteúdo publicado é consumido rapidamente. Consequentemente, rapidamente deixa de aparecer para as pessoas. Isso exige um esforço recorrente para manter um fluxo de publicações que atraiam os seguidores.

Por isso, as redes sociais são ótimas ferramentas de interação em tempo real. Desta forma elas podem ajudar a viralizar a marca. No entanto, quando aliadas a um site, elas aumentam as chances de conversão. Ou seja, elas ampliam a possibilidade de realizar as vendas. Isto ocorre porque você pode direcionar seus seguidores para seu site, onde conhecerão melhor seus produtos.

Por outro lado, essas plataformas possuem uma grande desvantagem para o empreendedor: a falta de controle sobre as regras. Por exemplo, recentemente, o Facebook alterou a maneira de distribuir os conteúdos orgânicos (não pagos). Isto impacta o alcance das fanpages de empresas. Isto exigiu que elas aumentassem seus investimentos em anúncios pagos para manterem a marca ativa com seus seguidores.

Por esses motivos, o ideal é a empresa montar uma estratégia abrangendo as três ferramentas: site, blog e redes sociais. Essa é uma das melhores maneiras de trabalhar o marketing digital e também a distribuição de conteúdo. Desta forma, você poderá atrar mais pessoas para seus serviços e produtos. E também poderá se relacionar com elas de forma mais fácil, transformando-as em clientes.

Passos para criar o site da sua empresa

No início da internet, criar um site era uma tarefa bem complicada. Isso exigia conhecimento de programação e domínio de programas para criar e tratar imagens.

No entanto, o avanço da tecnologia mudou isso. Agora é muito simples investir na criação de um site. Esta tarefa pode até ser desenvolvida pelo próprio empreendedor.

Veja os passos que você pode seguir para fazer sua própria criação. Eles também pode ajudá-lo a produção feita por terceiros.

1 – Registre seu domínio

O primeiro passo é registrar o domínio do seu site. Para isso é necessário verificar se ele está disponível. Ou seja, se mais ninguém está usando o domínio que você deseja usar.

O domínio, também conhecido como URL, é o endereço do seu site na internet. Ele é o que os visitantes precisam digitar na barra do navegador para chegar até seu negócio na internet.

Existem várias categorias de domínio. As mais comuns para empresas são as extensões .com e a sua versão brasileira, .com.br.

Mas, dependendo do segmento de atuação, o empreendedor também pode usar categorias mais específicas. Por exemplo: .edu para domínios relacionados à educação.

Você pode verificar a disponibilidade e efetuar a contratação dos domínios no site Registro.br.

2 – Hospedagem do seu site

O próximo passo na criação do site da sua empresa é contratar uma hospedagem para o seu domínio.

Seu site precisa ser instalado em algum lugar. Este lugar pode ser um servidor físico ou nas nuvens. Nele ficarão armazenadas todas as páginas, imagens e arquivos, para que os visitantes possam acessá-los.

Para escolher a melhor hospedagem, o ideal é avaliar: o tamanho do seu site; a previsão de acessos por dia e o orçamento disponível.

3 - Escolha um construtor de sites

Ao contrário do que se pensa, não são necessários profundos conhecimentos em programação para se criar um site. Mas é necessário entendimento básico de como essas questões funcionam. Atualmente, existem diversas ferramentas, conhecidas como "construtores de site" que facilitam a tarefa. Eles oferecem funcionalidades extras, para o empreendedor combinar e personalizar, criando um site com a cara da sua marca.

Um dos sistemas mais usados para criação de sites é o WordPress.org. Isto porque ele é voltado principalmente para a criação de páginas eletrônicas, sendo também um poderoso sistema de gestão de conteúdo. O que facilita o trabalho em duas frentes importantes para quem precisa ter um site para seu negócio.

Além dele, existem outros construtores interessantes como o Google Sites, o Wix e o Joomla!.

Marketing de Conteúdo

Uma das melhores estratégias para utilizar em conjunto seu site, blog e as redes sociais é o marketing digital, mas especialmente o marketing de conteúdo. Com ele, seu público-alvo pode ser atraído, educado e convencido a se tornar cliente. Isto é feito por meio da distribuição de conteúdo criado especificamente com esses objetivos.

Para isso, é necessário que os conteúdos sejam distribuídos estrategicamente nas redes sociais da empresa. Desta foram, eles farão a atração de cada vez mais visitantes para seu site. Além disso, eles também devem ser encontrados pelas pessoas no Google, quando pesquisarem pelas soluções que a empresa comercializa.

Para que isto aconteça, o empreendedor deve criar seus conteúdos a partir das palavras-chave ou termos mais utilizados pelas pessoas ao pesquisarem por soluções nos mecanismos de busca.

Essa estratégia deve ser usada em conjunto com SEO (Search Engine Optimization), técnicas de otimização que melhoram o posicionamento do site no Google, aumentando as chances de ser encontrado por potenciais clientes.

Se você gostou deste conteúdo, aproveite também o vídeo sobre loja virtual!