Os 10 vídeos mais vistos em 2016

0
395

Os anos em que a economia se apresenta com mais fases de incertezas parecem ser momentos ideais para empreender. Mas além da coragem nata aos empreendedores, é preciso conhecimento e informação. E como 2017 não promete ser fácil, preparamos a lista de vídeos mais vistos de 2016. Basicamente, ela está cheia de dicas sobre o plano de negócios, que é um dos documentos que ajudam a estruturar ideias e transformá-las em realidade. Mas no Canal do Sebrae Minas no Youtube  tem muito mais para inspirar e contribuir.

 

1. O processo empreendedor

Para direcionar a energia e a criatividade do empreendedor na realização de um novo negócio, é preciso compreender o processo empreendedor. Ele é formado por quatro etapas que incluem a geração de ideias, a identificação de oportunidades, a elaboração do plano de negócios, a captação de recursos  e o gerenciamento empresarial. Está querendo tirar suas ideias do papel ou organizar sua empresa em 2017? O processo empreendedor http://bit.ly/sebraeminas_yt_processoempreendedor pode ajudá-lo. Assista o vídeo e entenda um pouco mais a viabilidade de seu empreendimento, e também as ações para diminuir incertezas e riscos.

 

2. Canvas do modelo de negócios

O modelo de negócios é a representação visual de como entregar valor ao cliente. Ele é ideal para quem quer desenvolver novas ideias ou remodelar estratégias. Como está sua visão de negócio? Você sabe qual é o valor que sua empresa gera e quem quer atender? O canvas do modelo de negócio http://bit.ly/sebraeminas_yt_canvasdomodelodenegocio  é essencial para definir uma estratégia clara, a partir da compreensão do modelo de negócio da sua empresa. Identifique seu cliente, os problema que ele precisa resolver, como o produto ou serviço de sua empresa resolve esta questão, e qual é a forma de se ganhar dinheiro com isto. Entenda o mapa do canvas e tenha uma visão mais clara de toda sua empresa.

 

3. MEI – Como se formalizar

A formalização como MEI é um tema recorrente entre os empreendedores que querem legalizar sua atividade. Por isso, é preciso entender como se formalizar e também os direitos e deveres gerados pela formalização. Você tem uma atividade produtiva, mas ainda não se formalizou? A série 10 dicas ajuda a entender qual é a forma de formalização como MEI http://bit.ly/sebraeminas_yt_fromalizaçãomei e pode ajudá-lo neste procedimento. Ela mostra algumas questões como locais para formalização, informações sobre previdência e benefícios, pagamentos de obrigações mensais e muito mais. As informações do vídeo também podem ser complementadas com a leitura do Portal do Empreendedor. 

 

4. Análise de mercado

A análise de mercado é uma etapa essencial do plano de negócios. Ela pode ajudar a entender alguns fatores importantes para a abertura e manutenção de empresa, como o mercado de atuação do negócio, o segmento de clientes atendidos, os concorrentes já presentes e a relação com os fornecedores. A análise de mercado  http://bit.ly/sebraeminas_yt_analisedemercado permite identificar e entender seus clientes. Isso ajuda a posicionar melhor sua empresa para atendê-los. E também facilita a escolha dos canais de distribuição, as ações promocionais, o plano de comunicação e a política de preços, assim como outros fatores essenciais ao sucesso do negócio.

 

5. Avaliação do plano de negócio

Após criar o plano de negócios, é preciso validar os dados e avaliar se é necessário fazer algum ajuste. As revisões podem ser em relação às informações de mercado, estimativas de receitas ou custos. Pode ser interessante pilotar suas ideias junto a um grupo de clientes, para validar e ajustar detalhes de seu produto ou serviço. O vídeo avaliação do plano de negócio http://bit.ly/sebraeminas_yt_avaliacaoplanonegocio  traz muitas dicas para a abertura e crescimento da empresa: participação em cursos e palestras, realização de pesquisa, cuidados com a constituição de sociedade e definição de deveres estão entre essas dicas.

 

6. Iniciando o plano de negócios

Iniciar o plano de negócios pode parecer difícil, mas ao entender cada uma de suas sessões o desenvolvimento do documento é facilitado. Desta forma ele pode ser feito de maneira mais dinâmica. Você sabia que a primeira parte do plano de negócios, o sumário executivo, é a última a ser escrita? No sumário executivo você terá um resumo de todo o levantamento feito no plano de negócios: descrição da empresa; missão, visão e valores; diferencial do negócio, perfil dos empreendedores e muito mais. O iniciando o plano de negócios http://bit.ly/sebraeminas_yt_inicioplanonegocio  pode ajudar a entender estes itens e muitos outros como os benefícios pra o cliente, o segmento de clientes, a forma jurídica da empresa e o enquadramento tributário.

 

7. Processo criativo – design thinking

O desing thinking é uma metodologia, que pode ajudar a entender melhor seus cientes e oferecer soluções mais adequadas para eles. Ele ajuda no entendimento de parâmetros e padrões essenciais para a criação de projetos e melhoria de produtos e serviços, já existentes. O processo criativo – design thinking http://bit.ly/sebraeminas_yt_designthinking  tem quatro itens de embasamento:   1. empatia, ou seja, colocar-se no lugar do outro; 2. experimentação, para aprender com os caminhos testados, 3. prototipação, que é a criação de modelos do produto ou serviço a ser oferecido para avaliar a viabilidade e 4.realização, que é a implementação da ideia experimentada e testada.

 

8. O plano operacional

Saber como a empresa irá desenvolver ou comercializar seus produtos e serviços é parte essencial da criação e desenvolvimento de um negócio. O plano operacional descreve os processos para produção, venda e execução de serviços. Para que esta parte do plano de negócio seja bem desenvolvida, é preciso detalhar questões como os equipamentos a serem utilizados e a quantidade de pessoas necessária para executar as tarefas. Também é necessário saber qual o tempo demandado para cada etapa. O plano operacional http://bit.ly/sebraeminas_yt_planooperacional  ajuda a entender a capacidade instalada do negócio, a produtividade dos equipamentos da empresa, a disponibilidade dos fornecedores e a capacidade de distribuição e armazenamento da empresa.

 

9. O plano financeiro

O plano financeiro é o resultado final do plano de negócios. Ele apresenta todas as ações planejadas em forma de números. Após a análise de viabilidade do negócio, o cálculo do investimento de implantação é o próximo passo. Isso significa visualizar o investimento inicial do negócio, onde se consideram: os investimentos fixos, o investimento pré-operacional, ou seja, questões como reforma e registro da empresa, e também o capital de giro. O plano financeiro http://bit.ly/sebraeminas_yt_planofinanceiro também é fundamental para realizar a análise comparativa entre receias e custos. Isso permite saber quanto será gasto e qual é o faturamento esperado para a empresa. Assim você cria o demonstrativo de resultados e entenda questões como o ponto de equilíbrio e o prazo de retorno do investimento.

 

 

 

10. O plano de marketing

O plano de marketing permite a estruturação de oferta de produtos e serviços da empresa e detalha questões como o diferencial da concorrência, descrição dos produtos e serviços e vantagens competitivas. Ele também permite entender os detalhes da forma de geração de receita da empresa. E ajuda a projetar o resultado a partir desta forma, permitindo que se esteja mais preparado para os desafios empresariais. O plano de marketing http://bit.ly/sebraeminas_yt_planomarketing ajuda a tomar decisões de forma mais segura, para alcançar os objetivos e metas traçados para o negócio.