Networking: dicas para sua carreira empreendedora

0
278
networking

O networking é excelente ferramenta para as carreiras de empreendedores. Quando bem utilizado, é um instrumento de marketing pessoal muito poderoso. Nestas situações, ele pode ser muito eficaz para desenvolver oportunidades e contatos de negócios.

Os empresários sabem que precisam interagir com uma variedade de pessoas, como: fornecedores, investidores, funcionários, clientes, concorrentes, comunicadores. Inclusive também com pessoas que não têm a ver diretamente com o seu negócio. Mas que de alguma forma influencia o seu cliente ou o cliente que você tem ou almeja. Essas interações ajudam a descobrir novidades do mercado. Elas, por sua vez, podem resultar em parcerias futuras, essenciais para o crescimento de qualquer negócio.

Apesar de o networking geralmente ser associado apenas a eventos, existe um conjunto de ações e situações em que você pode investir para ampliar e fortalecer o relacionamento com a sua rede de contatos, favorecendo sua carreira empreendedora.
É o que mostraremos nesse post. Confira!

Networking: importância para empreendedores

Basicamente, o networking consiste em manter contato com outros profissionais, sejam eles empreendedores ou não. Mas, não se trata de qualquer contato. É importante que exista uma troca de conhecimentos. Além disso, ela deve ser enriquecedora para os dois lados. E também, deve significar um relacionamento autêntico.

Assim, o networking transcende a esfera empresarial. Logo, ele pode ser um processo em que se constroem amizades motivadas por interesses comuns. Por isso, é importante que você cultive conexões genuínas. Pois, elas podem auxiliar, espontaneamente, no crescimento da sua rede de contatos. Por consequência, isso poderá levar seu negócio a causar boas impressões.

Com a prática, seu capital social se tornará cada vez mais valioso, expandindo sua capacidade de construir relacionamentos sólidos, tanto pessoais quanto profissionais.

Além do seu networking

Buscar novas oportunidades é algo valioso para os negócios, especialmente em um mercado tão competitivo. Por exemplo, um bom networking pode ampliar as possibilidades de inovação. Eventualmente, faça esse exercício.

Inclusive, dê um pouco mais de atenção ao seu networking e promova novos contatos enxergando oportunidades. Um olhar mais atendo pode, por exemplo, identificar conexões até dentro da sua própria rede de contatos, impulsionando a geração de negócios.

Essa prática proativa de interação poderá fortalecer a sua relação entre essas pessoas do seu networking.

Como ampliar e fortalecer sua rede de contatos

Uma das principais dúvidas dos empreendedores está relacionada à forma ideal para ampliar e fortalecer sua rede de contatos, especialmente fora de eventos. Portanto, daremos algumas dicas práticas. Eventualmente, elas podem ser utilizadas para você encontrar pessoas estratégicas, de acordo com seus interesses profissionais. Acompanhe.

Seja interessante e interessado

Você deve priorizar a troca de experiências e ideias sem esperar retornos imediatos. E existe um ótimo motivo para isso: nós só ajudamos quem gostamos e confiamos.

Por exemplo, quando um amigo pede a sugestão de um profissional para realizar um serviço, você indicará alguém de confiança, certo? Provavelmente, alguém que você já contratou e que é, reconhecidamente, competente naquilo que faz.

A lógica é a mesma para seus negócios. O caminho para que o empreendedor e a sua empresa sejam indicados passa pela confiança, que é desenvolvida por meio da identificação de afinidades que levam a um relacionamento.

Dessa forma, a conquista e o fortalecimento dos laços ocorrem de maneira natural e verdadeira. Portanto, o segredo é conhecer as pessoas e estreitar os vínculos, sem se preocupar com os retornos a curto prazo.

Ajude antes de ser ajudado

Assim sendo, outra regra essencial do networking verdadeiro é estar disposto a ajudar as pessoas. Conforme sabemos, os melhores relacionamentos são aqueles que você desenvolve baseados na honestidade, ética e generosidade. Ao contribuir, incondicionalmente, você agregará à vida dos seus contatos.

Assim, ativa a reciprocidade, um princípio inerente à natureza humana, que faz com que a outra pessoa se sinta devedora por um favor ou uma gentileza que você tenha feito a ela.

Quando surgir a oportunidade, eles se sentirão dispostos a retribuir incondicionalmente também, indicando seus produtos ou serviços.

Use o LinkedIn

O LinkedIn é considerado a mais poderosa ferramenta para fazer networking online. Inclusive, ela é a maior rede social profissional do mundo. Isto porque foi criado para facilitar a interação e geração de negócios entre seus usuários.

Consequentemente, isso faz o LinkedIn interessante para empreendedores que queiram divulgar sua marca e se relacionar com outros profissionais. Para isso, o primeiro passo é criar um perfil e falar um pouco sobre quem é você. Logo, devem-se incluir também informações sobre a sua personalidade e o seu negócio.

A partir daí você tem acesso a, literalmente, profissionais do mundo inteiro. O LinkedIn permite, por exemplo, que você convide todos os contatos cadastrados nos seus e-mails para se tornarem sua rede de conexões inicial.

Por isso, é importante manter o perfil atualizado e ativo. Para isso, você pode compartilhar conteúdo de qualidade ou interagir nas publicações das pessoas que formam sua rede. Isso faz com que mais pessoas cheguem ao seu perfil e conheçam a sua marca e o seu negócio. Elas também podem solicitar que você faça parte da rede delas, ampliando, organicamente, seus contatos virtuais.

Eventualmente, é importante fugir do óbvio nas mídias sociais. Por exemplo, você pode buscar interagir com pessoas que tenham similaridade com o seu negócio. Inclusive isso é importante. Mas fique atento a novas ideias e oxigene seus contatos. Eles podem gerar insights ou mesmo aproximá-lo de pessoas estratégicas. Da mesma forma, não limite suas fontes para networking.

Identifique contatos estratégicos

Mesmo sendo desinteressado, não significa que seu networking não possa ser estratégico. É possível unir as duas coisas: se relacionar com pessoas interessantes e que possam, em algum momento, alavancar o seu negócio.

Defina quem você deseja que faça parte da sua rede e quais serão os meios de gerar relacionamento com essas pessoas.

Para isso, você precisará mapear os principais grupos que tenham interesses comuns ou atuem em um mesmo segmento, por exemplo. Neste caso, os critérios para seleção podem variar de acordo com os seus objetivos.

Invista tempo e energia para realizar essa pesquisa de mercado, listando as empresas e os profissionais que podem ser estratégicos para o seu negócio.

Depois, será preciso definir quais serão as ações que você empreenderá para contatar essas pessoas. Por exemplo, é possível reservar um almoço ou um café para se encontrar com os profissionais da sua cidade. Para aqueles que moram em outras localidades, agende conversas pelo Skype.

Planeje a sua abordagem

Muitas pessoas se sentem inseguras quando precisam falar com estranhos. Uma das maneiras mais eficientes de combater esse sentimento é realizar uma preparação prévia de como será a abordagem e quais serão os assuntos.

Você pode pesquisar o perfil dos profissionais que encontrará e memorizar assuntos relacionados ao que eles fazem. Ou, então, identificar afinidades e coincidências no perfil de vocês; por exemplo, se fizeram a mesma faculdade ou viajaram para o mesmo lugar.

Ao abordar as pessoas, faça perguntas alinhadas com o que precisa saber daquele profissional.

Lembre-se que é a primeira impressão que permanece. Busque maneiras de se fazer interessante e ser lembrado depois que for embora. Posteriormente, isso facilitará a continuação do relacionamento.

Gere relacionamento

Você conheceu a pessoa, a conversa foi animada, evoluiu para a troca de experiências profissionais e vocês trocaram cartões. E agora, o que fazer para não deixar a relação “esfriar”?

A melhor forma é pensar como você pode ajudar a pessoa, fazendo alguma coisa por ela, mesmo que seja um pequeno favor.

Durante a conversa, procure descobrir as preferências e os interesses da pessoa. Peça o seu Instagram e, posteriormente, faça uma pequena gentileza. Nada de presentes ou coisas do tipo.Mas algo simples e informal, como indicar um filme interessante, marcar a pessoa em um post, ou enviar uma matéria relacionada a algo que vocês conversaram. Dependendo do caso, podem ser poucos minutos para você. Mas, para o outro, pode ser de grande ajuda.

Você ainda pode usar disso como pretexto para agendar um novo encontro, como um café ou almoço, após algum tempo, para fortalecer o vínculo entre vocês.

Concluindo, esperamos ter mostrado que o verdadeiro networking é feito sem segundas intenções, mas com o desejo genuíno de conhecer pessoas interessantes, que podem, inclusive, se tornar suas amigas.

O segredo é não se preocupar com os retornos a curto prazo. De alguma maneira, você receberá algo em troca, seja o aumento do seu círculo de amizades ou uma ótima oportunidade de negócio.

Baixe Grátis

Cartilha - Marketing de relacionamento na venda online