Fatores de sucesso na construção civil

0
116
o sucesso na construção civil depende de 4 fatores críticos a saber na leiura do texto

Todo negócio possui o que chamamos de Fatores Críticos de Sucesso. Esses fatores são postos-chave que devem ser bem cuidados para garantir o sucesso de um profissional e de seu negócio, levando-o a atingir seus objetivos e melhores resultados. No caso da prestação de serviços na construção civil podemos destacar 4 fatores que farão toda diferença na sua vida profissional. São eles:

1. Intangibilidade

Esta pode ser a característica mais marcante na construção civil, assim como em outros negócios. Talvez ela seja a que apresente maior dificuldade na sua gestão. Isto se deve à intangibilidade, e à subjetividade presente na avaliação do serviço por parte do cliente. Além disso, também há a dificuldade de comunicar as qualidades dos serviços oferecidos ao público. Nesse contexto, tangibilizar o serviço prestado na construção civil é importante, pois tem grande impacto na aceitação do preço pelo cliente.

Mas, o que é tangibilizar, especialmente na construção civil? Significa agregar valor ao serviço. Ou seja, tornar visível os benefícios e vantagens para o cliente. Isso faz com que profissionais que se preocupam com esse fator geralmente consigam cobrar um valor maior pelo serviço prestado. Além disso, este ponto pode ajudar a garantir as indicações boca a boca a novos clientes, que são fundamentais para os negócios, especialmente para aqueles que são MEI e prestam serviço na construção civil. Para tangibilizar parte do serviço, os MEI desse segmento devem:

a. Preocupar-se com a apresentação pessoal

Principalmente no momento do primeiro contato com o cliente, que geralmente acontece na visita à obra para elaboração do orçamento, e também durante a prestação do serviço. O uso de linguagem mais formal, sem gírias, pode ser um diferencial. Neste momento o profissional deve tentar demonstrar simpatia e flexibilidade para que o cliente o perceba como alguém “fácil de lidar” e, principalmente, confiável. A adoção de uniforme e EPI ajuda muito na formação de uma imagem mais profissional.

b. Manter a obra limpa

Também ajuda a passar uma percepção de capricho e evita alguns dos questionamentos frequentemente feitos pelos clientes durante a prestação do serviço, pois uma obra sempre limpa ajuda a aumentar a sensação de segurança de que “com um profissional tão caprichoso o resultado será ótimo no final” na cabeça do cliente..

c. Especializar-se para ganhar valor de mercado

Pedreiros especializados em assentamento de porcelanato, por exemplo, são melhor remunerados que pedreiros sem nenhuma especialização. Portanto, apesar de ser importante saber fazer de tudo em seu ramo de atividade, o MEI que é especializado em algum serviço especifico geralmente é mais bem visto pelo mercado, que correlaciona especialização com competência.

d. Ser pontual com o cliente

Este também é um ponto muito importante, especialmente do ponto de vista do atendimento ao cliente. Quem não conhece o famoso “Enrolado”? Infelizmente é comum encontrarmos profissionais como pedreiros, pintores, marceneiros, entre outros, que não cumprem as datas combinadas com os clientes, seja para começar o serviço ou para termina-lo. Desta forma, os profissionais que conseguem fazer a previsão de que dia podem começar o serviço e de que dia irá terminar, são tidos como mais confiáveis pelos clientes. Imprevistos acontecem, e se ele for gerar algum atraso, é importante comunicar com antecedência o cliente da obra atual e o da próxima o que aconteceu e negociar as alterações das datas acordadas antes do vencimento delas.

e. Demonstrar conhecimento

Quanto ao material a ser utilizado é outro ponto muito importante. Quando o cliente não tem o apoio de um arquiteto ou decorador em sua obra, comumente ele pede algum apoio ao pintor, ao pedreiro, ao eletricista ou a outro profissional que está elaborando o orçamento ou já trabalhando em sua obra. Desta forma, saber quais os produtos são mais indicados para cada área da casa, a diferença de acabamento, as vantagens e desvantagens quanto aos tipos de produtos, a durabilidade, a indicação de aplicação dos mesmos e se o resultado pretendido será possível com o produto que ele pretende comprar, fará com que o MEI ganhe a confiança do cliente de que o serviço será bem executado e ajudará a fechar os orçamentos elaborados.

2. Clareza e organização

É comum que novos serviços, que não foram previstos no início da obra, apareçam durante sua realização, gerando mais trabalho que o esperado para o MEI. Assim, a elaboração de um orçamento detalhado, descrevendo todo o serviço a ser realizado pelo valor cobrado pode evitar problemas futuros. Caso surja serviços que não estavam previstos no orçamento inicial, é importante que o MEI negocie o valor a ser cobrado pelo serviço extra antes da execução do mesmo, para evitar desentendimentos com o cliente quanto ao valor a ser pago pelo serviço já realizado.

3. Cálculo dos custos.

Vários dos custos na prestação de serviços na construção civil ocorrem especialmente para o MEI. Isto porque ele é um dos segmentos empresariais mais presentes no segmento da construção. Como exemplo, podemos citar como geradores de custos: discos para as serras mármores; talhadeiras; marretas; colher de pedreiro; desempenadeiras; pinceis e alicates. Além dos custos com o deslocamento até a obra, almoço, uniforme, EPI. Mas, estes são apenas exemplos, há muito mais itens que compõem os custos dos serviços de construção civil. É importante conhecer todos  eles para saber precificar o serviço prestado, assim como o resultado (Lucro + Salário) proveniente do negócio. Frequentemente, empresários da construção civil não sabem “para onde vai seu dinheiro”. Isso faz com que assumam compromissos financeiros fora de sua realidade. Consequentemente, não conseguem honrar seus compromissos. Geralmente, isso é consequência de ignorar os custos da prestação do serviço.

4. Produtividade

Quanto maior a produtividade maior será o retorno do MEI quando ele trabalha por empreitada. Algumas ferramentas elétricas geram um aumento significativo na produtividade do profissional. Por exemplo um pedreiro que precisa desmanchar um piso para fazer um novo. O mesmo serviço que demoraria uma semana para ser realizado utilizando uma marreta e talhadeira, pode ser realizado em apenas algumas horas com o uso de um martelete elétrico. Isso gera eficiência e ganhos para o profissional, visto que a mão de obra é o principal custo neste ramo. Porém ferramentas elétricas profissionais ainda são caras, cabendo ao MEI avaliar o quanto utilizará a ferramenta e em quanto tempo as horas de trabalho economizadas com o uso da mesma pagará o investimento realizado. A especialização também aumenta a produtividade, pois profissionais especializados geralmente possuem mais perícia no serviço no qual é especializado e consegue realiza-lo com mais agilidade.

Se o profissional se dedicar em cuidar desses Fatores Críticos de Sucesso suas chances de ser bem-sucedido aumentarão significativamente, pois ganhará a confiança de seus clientes, o que levará ao aumento da demanda por seus serviços e possibilitará que ele pratique preços um pouco melhores!

Sucesso!