Negócios de artesanato: dicas de sucesso

0
312
negócios de artesanato

O artesanato brasileiro é um dos mais ricos do mundo. A produção artesanal mineira é reconhecida mundialmente por sua qualidade, beleza e tradição. Isso tem propiciado crescimento dos negócios de artesanato. Embora seja um processo criativo, o empreendedor deve ficar atento à produção, à formação de preço e à comercialização dos produtos, etapas indispensáveis para a estrutura do negócio.

Organizar a produção é o primeiro passo para aumentar a produtividade, mesmo nos negócios de artesanato.  Mantenha as ferramentas e equipamentos em local adequado e separados por tipos de materiais, cores, modelos, tamanhos e formatos. O local de trabalho deve ser arejado e iluminado, o que contribui para o bem-estar de quem produz os artefatos. Invista em equipamentos que otimizem as etapas de criação e procure descartar de forma correta todos os resíduos da produção.

O contato com o artesão e as informações sobre a história dos produtos são etapas importantes da comercialização. Afinal, a aquisição de produtos artesanais está relacionada às preferências de quem compra. Produzir peças singulares e exclusivas pode ser um diferencial de vendas para os negócios de artesanato.

Por ser uma atividade ampla, o artesanato oferece flexibilidade de modelos de negócio e canais de vendas. O modelo de negócio escolhido dependerá das características de produção, volume e tipo de venda, mas é possível fazer um planejamento para empreender com sucesso. Para não errar a mão, invista em um Plano de Negócio e analise a viabilidade econômica. O importante é que o artesão cumpra os seus compromissos de produção e entrega, oferecendo produtos com originalidade, qualidade e identidade.


Tendências de negócios de artesanato

  • Peças de tradição – Cultivo do repasse da técnica artesanal de geração em geração preservando a identidade local.
  • Design diferenciado - Processo inovador de criação de peças e coleções.
  • Tecnologia – Uso de recursos tecnológicos para melhoria dos processos de produção e gestão.
  • Loja colaborativa - Comercialização de produtos de diversos artesãos em um só espaço.
  • Galeria on-line – Venda de peças pela internet.


Dicas de sucesso

  • Opte por matérias-primas naturais, reaproveite materiais e adote práticas sustentáveis na produção, tornando o seu negócio ecologicamente correto.
  • Evite substituir materiais para não descaracterizar o seu produto, a fim de manter a sua identidade cultural.
  • Feiras são uma boa oportunidade para fazer contato com os clientes, divulgar seus produtos e conhecer as novidades do mercado.
  • Aposte em um design diferenciado para destacar o seu produto.
  • Invista em cursos de capacitação e fique atento às tendências do mercado.

 

Baixe grátis

E-book dicas para negócios de artesanato

 

*Foto: Gláucia Rodrigues