Dia dos pais: o planejamento é o melhor presente para MPE´s

0
495
dia dos pais

Dia dos Pais a vista marujos... preparem-se!

Você pode estar se perguntando, “...mas já? Planejar ação para o dia dos Pais?”

Sim! Para que não fique tarde e a única coisa que lhe reste fazer seja colocar bexigas na sua loja e escrever na vitrine “Promoção” com aquelas cores arregaladas para chamar a atenção do público passante.

Planejar, como dissemos no último artigo sobre Planejamento Estratégico, será um caso de amor, e fará eternamente parte de sua vida empreendedora!

Só para refrescar a memória: o planejamento começa com saber para onde você quer ir, onde quer chegar, qual o seu objetivo, ok?!

Mix de produtos e metas de venda

Verifique as vendas do ano anterior, as apostas dos fornecedores e defina os produtos que serão os hits do seu dia dos pais.

Com o olhar nos números do ano anterior e do primeiro semestre, trace suas metas para esse ano. Em seguida, liste as tarefas necessárias para alcançá-las e mãos à obra!

Com tempo, é possível pensar na exposição e nas condições de pagamento. É importante também treinar a equipe, relembrando técnicas de venda e oferecendo informações sobre produtos e serviços.

Produtos pensados conforme seu histórico? Metas definidas? Hora de focar em quem interessa: seu público.

Definição de público-alvo

A definição do público é fundamental para que se possa pensar em alguns pontos decisivos para o sucesso do seu plano.

Ao decidir para quem irá direcionar sua divulgação, será mais fácil definir a linguagem e o canal de comunicação mais acertados para chegar a esse público. Com base em suas características, você deduzirá onde ele se encontra, o que valoriza e conseguirá passar a sua mensagem. A estratégia parte do público que desejamos.

Um caso de estratégia

Vou lhe contar um caso real de um empreendedor lá dos Triângulos de Minas... Uma história que irá ilustrar bem os pontos citados acima sobre a comunicação efetiva de um plano construído para o dia dos namorados.

Nosso empreendedor é dono de uma barbearia. Além de seus serviços de barba e cabelo, também comercializa cervejas artesanais e uma linha de camisetas de um designer local. Pensando na data comemorativa, esse empresário teve uma bela!!! Ele contatou estes parceiros (cervejaria e designer) e propôs a eles montar um “KIT NAMORADO”. O kit seria composto por:

 imagem-pais

 

Divulgar é preciso

Definida a oferta, ele precisou pensar em seu público-alvo: o público feminino, diferente do seu público usual. Afinal, embora os homens fossem ganhar o presente, eram as namoradas e esposas que definiriam a compra.

A seguir, o empresário escolheu o Facebook como canal de comunicação, e definiu que usaria a opção de impulsionar o seu post que falava desta promoção.

No Facebook, quando impulsionamos é preciso preencher alguns campos, dentre eles: idade, sexo, região de alcance, e grupo de interesses. Assim ele definiu que seriam mulheres, da cidade local onde ele se encontrava, com idade entre 15 e 60 anos. O interesse ele deixou em branco, afinal, queria alcançar o maior número de mulheres possível na sua cidade.

O resultado? Um sucesso!!! Vendeu mais KIT’s do que ele jamais imaginou. Foi bom para a barbearia e para seus parceiros. Ah... já ia me esquecendo! Os custos de impulsionamento no Facebook foram rateados entre ele, a cervejaria e o designer. O que resultou em uma ação de baixo custo, longo alcance, e excelente resultado!

Este exemplo mostrou como:

  • Definir  um objetivo;
  • Criar um plano de ação;
  • Definir  público-alvo;
  • Definir o canal correto de comunicação;
  • Trabalhar em parceria.

Co-marketing

Co-Marketing é basicamente uma ação de marketing compartilhada entre duas ou mais empresas, que buscam o mesmo público com produtos e/ou serviços diferentes. Em parceria, criam ações e unem esforços para alcançarem seu público alvo.

A ação acima foi uma ação de co-marketing. Veja que tanto a barbearia e a cervejaria artesanal quanto a marca de camisetas buscam o mesmo público. Em função da ação, buscaram não o seu consumidor beneficiário, mas o consumidor pagante.

Portanto é muito importante compreender que em ações de marketing é fundamental estabelecer os papéis de cada personagem. Em alguns contextos teremos apenas o pagante que é o próprio usuário. Em outro momento, teremos o influenciador, o pagante e o usuário. Em alguns casos o seu público alvo não será apenas uma pessoa, mas várias. Quando planejar a comunicação, lembre-se que para cada público há o melhor canal, a melhor forma e o local correto.

Fica a dica

  • Sem foco, você se perde. E acaba fazendo o mesmo que todo mundo faz. Para ser lembrando este não é o melhor caminho!
  • Nem sempre o seu cliente final é o seu alvo. Talvez para chegar até precise de alguém que o influencie.
  • Não creia que você é o único que deve pensar em ações de marketing. Envolva toda a equipe. O trabalho de co-criação, que gera o envolvimento e a participação dos colaboradores, é fundamental e você pode se surpreender com as ideias que surgirem!

Veja mais em Planejamento Estratégico.

 

Entenda Mais

 

Baixe aqui

Cartilha - Promoção de vendas: