Conserto de Calçados e Bolsas

2
286

Este segmento exige, além de experiência, atenção aos custos. Os custos devem ser controlados de perto, de modo a reduzir o preço final dos serviços, atraindo mais consumidores.

Usualmente, uma reforma mostra-se inviável quando o custo orçado supera 30% do valor do calçado novo. Nesse caso, você deve desaconselhar a reforma, numa política que privilegie a obtenção da confiança do consumidor em longo prazo.

A qualidade do serviço é outro requisito para a fidelização do cliente. Você deve estar atento a esse aspecto ao comprar os materiais para as reformas, durante o processo de restauração e no atendimento aos clientes.

Dicas:

- É preciso manter estoque de matérias-primas e materiais, que devem ser adquiridos em quantidades próximas ao que é utilizado pela oficina em determinado período de tempo. Ou seja, nada de fazer grandes estoques que prejudiquem o negócio, pois ocupam muito espaço e empatam capital desnecessariamente.

- A especialização é o mais recomendado para o ramo. Contudo, nada impede que você ofereça outros serviços, como as reformas de bolsas e outros tipos de calçados.

- Caso os clientes apresentem limitações de tempo para levar ou buscar os calçados e bolsas, ofereça horários especiais de atendimento ou serviço de entrega e recolhimento em domicílio.

 

Quer saber mais?

Faça download gratuito do manual Reparação de calçados, bolsas e artigos de viagem

Interaja conosco. Participe do chat com especialistas sobre o Microempreendedor Individual