Case de Sustentabilidade: Rei da Pizza

0
436

Produção sustentável e responsável e treinamento constante dos funcionários são diferenciais da rede de alimentação do polo industrial de Camaçari (BA)  

Sobre a empresa

Ramo de atuação:  Restaurante
Localização: Camaçari (BA)
Tamanho: 1,7 mil m²
Colaboradores: 68
Como o Sebrae ajudou a empresa: gestão financeira, palestras, Programa Alimentos Seguros (PAS)

Foto de divulgação do restaurante Rei da Pizza
"Não se faz a sustentabilidade sozinho. Sempre estamos focados na conscientização dos funcionários."

Produzir alimentos saudáveis é uma enorme responsabilidade para uma rede de restaurantes. Sustentabilidade e boas práticas devem estar presentes em todas as etapas do processo produtivo dos pratos, que são servidos ao cliente. Reduzir o consumo energético e de água, separar  e destinar corretamente os resíduos são práticas sustentáveis inerentes ao negócio da alimentação.  Esses foram os princípios, que levaram a rede Rei da Pizza do município baiano de Camaçari a se diferenciar no mercado e crescer como uma rede de restaurantes.

“A maior parte dos insumos que utilizamos para fazer pizzas, grelhados, massas e tira-gostos vem da natureza. A maneira de recebê-los, armazenar, manipular e processar até chegar ao prato final é a alma do nosso negócio. A sustentabilidade faz parte dele, do início ao fim”, afirma Jamilton Pereira da Silva, proprietário da Rede Rei da Pizza.

“Não se faz a sustentabilidade sozinho. Sempre estamos focados na conscientização e envolvimento dos funcionários”,  ressalta o empresário. No ramo da alimentação o trabalho das pessoas determina a qualidade do produto final. A missão de cada membro da equipe da rede Rei da Pizza é compartilhar os cuidados, desde a recepção dos insumos, passando pelo serviço ao cliente, até o descarte dos resíduos, diz ele.

Atualmente a rede é composta pela matriz e três filiais e conta com equipe de 68 colaboradores. O empreendimento  foi iniciado há 21 anos na loja matriz. Ele é participante do Programa de Alimentos Seguros (PAS), desenvolvido pelo Sebrae, Senai, Sesi, Senac e Sesc.

Central de Produção

Um dos passos mais importantes da rede Rei da Pizza para crescer foi investir na implantação da Central de Produção, onde os alimentos são produzidos para abastecer as quatro lojas, segundo o empresário. Essa unidade é climatizada, arejada e iluminada, visando redução de consumo de energia e água e aumento da segurança na manipulação e fabricação dos alimentos.

Na central ocorre a recepção dos insumos (verduras, frutas, legumes, carnes, etc), pré-lavagem, manipulação, distribuição para os depósitos (bebidas, secos, embalagens) e encaminhamento para a câmara frigorífica. Há local específico para saída dos resíduos. “Isso evita a contaminação”, explica Jamilton.

A lenha utilizada nos fornos da central é proveniente das sobras de eucalipto de empresa local de reflorestamento e tratamento de madeiras. O forno combinado, de tecnologia a vapor, permite usar menos óleo nos processos de produção dos pratos.

Os resíduos sólidos são separados e doados para recicladores da cidade, assim como o óleo. A parte orgânica é destinada a compostagem, que gera adubo para a horta comunitária, mantida pelos funcionários e cuja produção é consumida por suas famílias e, também, pelo restaurante.

Fonte: Vanessa Brito

Garanta o reconhecimento que seu negócio merece. Participe do Prêmio Sebrae-MG de Práticas SustentáveisSe também quer que sua empresa seja reconhecida, inscreva-se no Prêmio Sebrae-MG de Práticas Sustentáveis.