8 métricas para seu site alavancar com Google Analytics

0
555
métricas

As empresas contemporâneas e atualizadas possuem presença na web e conseguem medir seu sucesso a partir da definição de métricas. Elas são analisadas pelo Google Analytics. Uma ação fundamental para presença web dos negócios é a criação e manutenção de seus websites. Seja com a atuação em e-commerce, ou via site institucional. Todos os sites lutam por um objetivo comum: a relevância. Em resumo, todas querem ficar bem ranqueadas no Google Search. Estar presente, logo na primeira página de busca, significa a possibilidade de aumentar vendas, fechar mais negócios e estar mais visível do que os concorrentes. Então, vamos entender como algumas métricas funcionam e como elas são importantes para sua empresa.

Relevância e mensuração

Para chegar na tão sonhada relevância na web, as empresas utilizam variadas estratégias e táticas de Marketing Digital. Por aqui, temos um exemplo na Escola do Sebrae. Nela, combinamos esforços de comunicação integrada de marketing. É um esforço que precisa ser contínuo e apresenta uma dinâmica na geração de interações com público-alvo e de conteúdo.

Por isso, uma das estratégias utilizadas é o Marketing de Conteúdo. Ele pode combinar canais digitais do negócio como: site, YouTube, Instagram, Facebook, Linkedin entre outros, com o uso de hashtags em um cuidadoso trabalho de SEO. Mas, tudo isso só vai se mostrar efetivo, se impactar nas vendas. E também atingir o público certo, auxiliando na construção da imagem e relacionamento do negócio com clientes e mercado. Como alcançamos bons resultados? Medindo os acessos de nossa página na internet. Isso é feito a partir do uso do Google Analytics, que você também pode usar no seu negócio.

Ao implantar o código do Google Analytics no site da empresa, é possível acompanhar o desempenho dos conteúdos e interações dos usuários. Com acesso aos dados, o gestor consegue fazer análises. A partir daí, o uso da solução auxilia na gestão de recursos e adequação de ações digitais no site.

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é uma solução gratuita. Ele garante, a leitura dos dados de acesso dos usuários ao gestor da página web do negócio. Os usuários são os que visitam, clicam, compram, comentam, enviam formulário em sua página. Ou seja, são aqueles que interagem com o site da empresa. Os clientes constroem uma relação com a empresa, ao longo do tempo. O que permite oito análises fundamentais:

  1. Número de acesso da página principal.
  2. Momento de atração dos usuários.
  3. Forma com que chegam ao site.
  4. Locais de origem de acesso.
  5. Páginas e conteúdos acessados.
  6. Tendências de acesso ao longo do tempo.
  7. Dispositivos que geram melhores resultados e
  8. Habilidade do site em manter usuários conectados.

Estas oito métricas podem ser conferidas diretamente num painel do Google Analytics. Elas também podem ser selecionadas a partir de um menu de relatórios, que contém dados sobre: o público, a aquisição dele, seu comportamento e as conversões realizadas.

Em cada item do menu é possível ainda ter acesso a mais tipos de relatório. Outra funcionalidade bem apreciada é a personalização de relatórios. Neste menu é possível construir os relatórios sob medida de cada negócio.

Métricas fundamentais

1 - Página inicial

A homepage do site é muitas vezes o primeiro local acessado pelo usuário. Ele pode chegar nesta página de algumas formas:

-  direta (digitando, por exemplo, o www.sitedonegocio...com.br),

- link patrocinado;

- busca orgânica (ele pesquisou o nome do seu negócio em algum site de busca).

Nesta última forma, dependendo do desempenho, o gestor da empresa pode descobrir que precisa melhorar seu SEO. Também é possível perceber que é necessário investir em divulgação digital de seu site. Isto pode ser feito por meio de campanhas, ad words, ad sense, por exemplo.

De seu design bem ajustado e composição clara de tópicos dependem os próximos cliques de navegação no site do negócio. É possível acompanhar, em tempo real, os acessos ou configurar um período para análise. Vamos a um exemplo de visão de acesso dos últimos sete dias.

métrica mostrando pagina inicial do google analytics

Neste exemplo, percebemos quantos usuários visitaram o site nos últimos sete dias. Quantas sessões foram acessadas, qual é a taxa de rejeição, e qual é a duração de cada sessão. Ao comparar esses dados ao longo do tempo, você pode perceber se as pessoas estão passando mais ou menos tempo nas páginas, por exemplo. O que pode indicar o interesse por um conteúdo específico, ou não.

2 - Quando os usuários visitam seu site?

O usuário possui hábitos de acesso baseados em horário e dias da semana. Nesta funcionalidade é possível identificar quais momentos de maior acesso. Assim, gestor do site pode coordenar publicação de conteúdos ou prestação de serviço (ex: chat online) baseado no comportamento do usuário.

métrica 2

Neste exemplo, percebemos que há concentração de usuários especialmente entre 8 e 10 da manhã, por exemplo. Isso pode indicar um bom momento para realizar ações ao vivo online. O que pode ser inserido na estratégia de marketing, agregando valor junto a outras ações.

3 - Como você atrai usuários?

O site da empresa pode atrair usuários por meio orgânico, link patrocinado ou acesso direto. Entretanto, há uma série de possibilidades por meio de outros canais. Podemos citar como exemplos de local de atração: redes sociais, menção em sites e redes de parceiros. Portanto, é fundamental analisar, por exemplo, qual é a mídia social da empresa que mais atraí usuários para o site.

Outra análise possível, por exemplo, é verificar que tipo de conteúdo trouxe usuários a partir de determinadas mídias. O Google Analytics permite uma série de análises para a gestão eficaz do site da empresa.  Isto é relevante, porque as mídias desempenham importante papel na atração de usuários. No exemplo abaixo, vemos que a atração via mídias é bem relevante. Isto indica a importância de ter uma estratégia de marketing digital que inclua essas ferramentas na divulgação do negócio.

métrica 3

4 - Onde estão seus usuários?

Esta função pode enganar o gestor de site menos experiente. Ele vai acreditar que apenas “países” são mensurados como origem de acesso por usuários. Entretanto, basta clicar um pouco mais e descobrir que o Google Analytics já fornece a cidade de origem. No caso de pequenos negócios. A análise destes dados é uma oportunidade para os pequenos negócios, pois pode indicar os locais onde pode-se melhorar a divulgação da empresa, por exemplo.

métrica 4

Veja esta análise muito interessante para saber a segmentação de idade por localidade.

métrica 5

 

métrica 6

Exemplo: concentração de acesso ao site por faixa de horário e dia da semana. E a possibilidade de verificar por cidade e idade do usuário.

5 - Quais páginas seus usuários visitam?

A estratégia de Marketing de Conteúdo do negócio só vai ser efetiva se for possível mensurar posts e páginas. Empresas que só atuam em redes sociais, e não possuem site próprio, perdem muitas oportunidades de novos negócios. Já empresas que possuem sites profissionais conseguem medir quais de seus conteúdos e interações rendem mais ou menos. E ainda sabem dizer que público acessou por qual canal.

métrica 7

Exemplo: leitura de acesso de páginas de um site num recorte de tempo – gestão online de conteúdos.

6 - Quais são as tendências dos seus usuários ativos ao longo do tempo?

Uma funcionalidade apreciada da solução é a possibilidade de acompanhar tendências dos usuários ativos ao longo do tempo.

métrica 8

Exemplo: leitura de tendências de usuários ao longo do tempo.

7 - Quais são os dispositivos que geram os melhores resultados?

Pode parecer uma função limitada porque não há tantos dispositivos para acessar site. E ainda os relógios, geladeiras e outros dispositivos de iot não aparecem nesta funcionalidade.  Mas ainda assim é interessante saber se desktops ou celulares são os canais que mais acessam seu site. Uma coisa é certa, seu site precisa ter design responsivo ou mesmo já apresentar versão app para aumentar as oportunidades e qualidade de acesso pelo usuário.

métrica 9

Exemplo: resultado de acesso por dispositivo.

8 - Qual é seu desempenho na retenção de usuários?

Uma habilidade que o gestor e seu site devem possuir é a retenção de usuários. Você está na concorrência pelo tempo do usuário. Tanto o tempo por cada sessão de acesso, quanto pelo acesso ao longo da vida do usuário. Daí estratégias digitais, de marketing de conteúdo ou outras devem fornecer elementos de interesse do usuário. Medir esta retenção indica o quão relevante é seu site para o seu cliente.

métrica 10

Exemplo: retenção de clientes – desafio dos sites contemporâneos

Muito mais do que 8 métricas para seu negócio

O Google Analytics atual fornece muito mais do que as oito métricas comentadas até aqui. A empresa pode acessar muitas outras leituras a partir do menu lateral que fornece: PÚBLICO, AQUISIÇÃO, COMPORTAMENTO e CONVERSÕES. Ao clicar em cada um deles outras opções aparecem.

métrica 11

métrica 12

Exemplo: menus laterais vão fornecer muito mais do que 08 métricas para seu negócio.

Para saber mais de Google Analytics

Apresentei aqui uma pequena parte das possibilidades na solução. O bom é que você só vai aprender fazendo, desde a instalação em seu site até as primeiras leituras de relatório. Fica a dica: instale o quanto antes. Para saber como instalar visite site de suporte da Google.

Você vai precisar editar o HTML de seu site. Dependendo de como ele está estruturado o mais recorrente é a inclusão do código do Google Analytics no index.html do seu site.

Se você preferir seguir a diante por meio de cursos e vídeos tutoriais há uma novidade: o Google Analytics Academy.

Uma série de cursos gratuitos são disponibilizados para você aumentar suas habilidades na solução.

Google Analytics para iniciantes

Curso avançado do Google Analytics

Fundamentos do Gerenciador de tags do Google

Forte abraço e boas análises e insights para você.