5 erros de gestão de pessoas e suas soluções

0
1175
gestão pessoas

Gestão de pessoas não é privilégio das grandes corporações. Também não é tarefa simples, uma vez que gerir equipes não é fácil. Porém, muito mais difícil para o negócio é administrar a desmotivação das pessoas, a alta rotatividade e os custos decorrentes dela.

Empresas de pequeno porte possuem uma vantagem competitiva muito importante: a facilidade de agir com mais rapidez diante de qualquer situação. É inteligente aproveitar essa vantagem. Pensando nisso, listamos alguns erros que são cometidos em gestão de pessoas e formas de corrigi-los.

Erro 1: Falta de critérios na contratação

Esse é o mais comum nas micro e pequenas. Em muitas delas, esse processo é negligenciado e como resultado as equipes são formadas contando apenas com a sorte. Outro erro é a contratação de parentes ou de profissionais com base exclusiva em indicações, observando apenas o requisito “ser de confiança”.

O resultado costuma ser profissionais que não atendem às necessidades técnicas e comportamentais necessárias à função. Não raro, eles também não compartilham dos valores e da missão da empresa. Resultado: desligamentos constantes.

E este ciclo contrata / treina / demite / contrata / treina / demite gera custos altíssimos para a empresa, tais como: desmotivação da equipe, insegurança no ambiente de trabalho, sem falar no financeiro.

Para acertar:

  • Invista em um processo seletivo criterioso.
  • Primeiro defina as tarefas, responsabilidades, as competências técnicas e comportamentais necessárias ao desempenho de cada função.
  • Contrate com base nas definições criadas. Será muito mais fácil encontrar profissionais que se identifiquem com o negócio.

Vai levar mais tempo que uma simples entrevista. Mas o tempo “se paga” com a permanência dos profissionais na empresa por períodos mais longos e com suas entregas.

Erro 2: Falta de treinamento da equipe

 Há uma crença de que treinar os profissionais é perder tempo, pois eles acabam deixando a empresa. Não seja ingênuo!

De nada vai adiantar ter um processo de recrutamento e seleção assertivo se não houver espaço para melhorias através do aprendizado constante. Treinar é garantir que os valores e os processos que você criou para empresa vão se manter. Acrescente a tudo isso o fato de que bons profissionais deixam empresas onde não há possibilidade de adquirir conhecimento e você perceberá a importância do treinamento.

Para acertar:

  • Crie espaço para o aprendizado constante.
  • Oportunize o conhecimento sistêmico do negócio (seus objetivos e metas). A empresa ganha quando os colaboradores entendem o todo, e não apenas sua parte.
  • Tenha um planejamento de treinamento alinhado às metas da empresa.
  • Incentive o colaborador a transformar esse aprendizado em ação.

Erro 3: Falhas de comunicação interna

Com a rotina corrida, muitos empresários acabam não realizando reuniões de alinhamento com a equipe. Outros fazem de maneira tão rápida que geram mal-entendidos, desequilibrando as relações de trabalho e prejudicando a produtividade de todos.

É também comum a falta de feedback tanto da equipe, quanto individual. Essa falha contribui para a desmotivação do colaborador, que se sente perdido, sem saber se suas tarefas são apreciadas pelos gestores. O feedback é uma ótima ferramenta de comunicação.

 Para acertar:

  • Invista em reuniões de alinhamento. Nelas, informe metas gerais da empresa, apresente novas normas e procedimentos, alinhe condutas no atendimento ao cliente, ou seja, mantenha os colaboradores informados sobre a empresa.
  • Prepare-se para oferecer e receber feedback.
  • Use o feedback para reconhecer o bom desempenho do profissional, assim como corrigir e mudar o que não é interessante para empresa e para o profissional.
  • Ouça a equipe sobre formas eficientes de troca de informação.

Erro 4: Incoerência na avaliação de desempenho

 A gestão do desempenho do colaborador é um ponto onde erros que são cometidos. Os mais comuns são foco excessivo em resultado, metas impossíveis, tarefas que estão além da capacidade técnica do colaborador e sobrecarrega da equipe.

Essa postura acaba comprometendo o resultado e o gestor pode até fazer o desligamento de pessoas de forma equivocada.

Para acertar:

  • Defina metas e objetivos claros, e comunique à toda equipe;
  • Avalie o desempenho, reconhecendo as entregas individuais e da equipe;
  • Faça a avaliação com frequência de acordo com os objetivos, evitando avaliar apenas ao final do período determinado;
  • Um processo assertivo de avaliação do desempenho é atrelado a um bom feedback, lembre-se de se preparar para ele;
  • Em caso de metas não atingidas, avalie junto aos profissionais os motivos do desempenho inferior ao proposto. É comum que isso aconteça por falta de capacitação, falta de entendimento da meta ou metas irreais;
  • Ajuste os esforços, de maneira a atingi-la, ou seja, use o momento para avaliar junto aos colaboradores o que é preciso melhorar para chegar ao desempenho esperado.

Erro 5: Dificuldade de relacionamento

Relacionamentos muito próximos dos seus colaboradores podem confundir as posições. Ter uma boa convivência onde haja confiança e respeito é muito diferente de ser “amigo”. Para que isso não aconteça, o papel do líder deve estar bem definido.

Como líder você é exemplo e por isso não deve priorizar promoções, aumento salarial ou delegar tarefas levando em conta seu relacionamento de amizade ou preferência. Você pode até confiar mais em determinado funcionário por causa das suas afinidades, mas a competência dos outros não pode ser desconsiderada por isso.

Para acertar:

  • Tenha regras claras de conduta e atividades definidas por cargo;
  • Estabeleça indicadores para medir o desempenho específico por função, assim, afinidades serão menos importantes que entregas e todos perceberão o que motiva as decisões de promoção ou demissão;
  • Envolva as pessoas na busca pela melhoria e qualidade dos processos internos, produtos e serviços.

Lembre-se: a gestão de pessoas deve estar sempre alinhada à estratégia do negócio. Se você identificou nesta lista algum erro que acontece na sua empresa, estabeleça prioridades, monte um plano de ação e acompanhe a sua execução!  Como foi possível ver, negligenciar a gestão de pessoas pode impactar os resultados da empresa.

 

Baixe Aqui

Gestão de pessoas - Infográfico

Leia Mais

Gerenciamento de equipes - 10 dicas sobre Gestão de Equipes