• Como fazer um planejamento tributário?

    Por sebraemgcomvoce em 19 de setembro de 2010 | Categoria: Sem categoria

    [tweetmeme source=”@sebrae_mg” only_single=false]

    O primeiro passo consiste na definição do melhor regime tributário para a empresa: lucro real, lucro presumido ou arbitrado, simples nacional ou valores fixos (Empreendedor Individual). “Para saber qual o regime ideal para cada negócio é preciso elaborar um organograma que inclua claramente as etapas de todo o processo operacional e do fluxo financeiro da empresa e, em seguida, estabelecer metas e ações para um prazo de aproximadamente cinco anos. Isso vai ajudar o empresário a comparar a previsão de redução de impostos entre diferentes regimes”, ensina o analista de atendimento do Sebrae-MG Haroldo Santos Araújo, que ressalta também a importância de se conhecer os benefícios fiscais federais, estaduais e municipais incidentes sobre os produtos ou serviços da empresa.  Araújo explica que, uma vez escolhido o regime de tributação, o empresário deve dedicar-se ao planejamento das operações da empresa em consonância com o modelo escolhido e, apartir daí, determinar onde há espaço para ações de redução de custos tributários, seja pela redução da base de cálculo e percentuais dos impostos, encargos e taxas, seja pela recuperação dos impostos via empréstimos subsidiados.

    Quer participar de uma consultoria presencial, online ou por telefone?
    Clique aqui para saber como.

    Quer ler mais informações interessantes?
    Clique aqui e faça download da Revista Passo a Passo.

2 Comentários

  1. Claudia Lago disse:

    Otima a materia.Mas, é preciso buscar orientação com um contador.Este profissional saberá orientar qual a melhor tributação.

Deixe o seu comentário!

Páginas -