12 passos para planejar sua empresa em 2017

0
1566
planejamento

O início do ano chegou. E com ele vem aquele sonho de ter o próprio negócio ou de melhorar ainda mais a empresa. É um momento de reflexão e de planejamento que canaliza a energia em mudanças e novos desafios.

Pensando nisso, selecionamos algumas dicas essenciais para começar o ano com o pé direito.

Ao final da leitura esperamos que você compreenda a importância de se ter uma base sólida, podendo evitar inúmeras dificuldades de gestão e, consequentemente, facilitar as tomadas de decisões.

Abertura e gestão de empresa

1 – Defina o negócio e seu formato

Reflita sobre qual o motivo de se abrir uma empresa. É uma oportunidade? Ou necessidade?
Qual tipo de empresa seria ideal começar? É algo em que você já possui conhecimentos ou experiência?

2 – Reflita sobre o conceito do negócio
Para que ter uma empresa? Por que o cliente irá comprar de você e não do concorrente?  Qual o valor que você irá oferecer ao cliente? Como você irá oferecer este valor ao cliente? Essas respostas auxiliarão muito a elaborar o conceito do negócio. Uma pesquisa de mercado pode ajudar muito nesse momento.

3 – Pense sobre quando abrirá a empresa
Aqui é o momento de reunir o maior número de informações disponíveis sobre o negócio, bem como relacionar estas informações com foco no conceito do negócio, definindo assim as ações a serem realizadas. Esta etapa irá determinar a forma de constituição da empresa, tendo em vista os investimentos necessários, qual a imagem que se deseja transmitir ao cliente, qual a estrutura organizacional da empresa, etc. É aqui que você deve fazer o famoso Plano de Negócio.

4 -  Descubra como abrir a empresa
O processo de formalização depende do tipo de negócio, do conceito do negócio e do planejamento da empresa a ser formalizada. A maioria das empresas deve obrigatoriamente contratar um contador, para responder pela abertura e manutenção da empresa, sendo permitido às empresas optantes do regime tributário do Microempreendedor Individual, não terem contador responsável.

5 – Fique atento aos primeiros passos
Após a abertura da empresa é preciso ficar atento na organização. Definir responsabilidades, estruturar modelo de trabalho, pensar na divulgação, ou seja, “deixar a casa em ordem” para iniciar a operação.

6  - Faça uma boa gestão
Ter ferramentas que auxiliem na organização das informações garante insumos para uma excelente gestão. É preciso saber o que acontece na empresa para ser possível tomar atitudes corretivas, implementar melhorias ou encarar novos desafios.

7 – Observe os segmentos de negócios
Conhecer sempre as novidades e tendências do seu segmento de negócios  pode ser de grande valia. A troca de informações entre empresários de um mesmo ramo garante um novo olhar e relações de parceria. Com o avanço da tecnologia e a velocidade com que tudo muda, quem não acompanha fica para trás.

8 – Crie oportunidades para seu negócio
Observe o cenário a sua volta e fique de olho em formas de promover seu negócio. Hoje, com a Internet é possível pensar em novas formas de divulgação, anúncios, relacionamento e vendas. Uma boa estratégia de comercialização pode fazer a diferença.

9 – Avalie sua presença nas redes sociais
Atualmente, conhecer as características das redes sociais, tornando-se capaz de planejar a entrada e atuação efetiva de um pequeno negócio nesses canais é essencial. Você precisa identificar os desafios e as vantagens, além de tornar-se capaz de introduzir as ferramentas de comunicação e interação da web 2.0 na empresa, analisando a viabilidade destas ferramentas para o seu negócio.

10 – Seja uma empresa referência
Tente sempre ser a melhor empresa possível. Reflita sobre como poderia melhorar o atendimento, a gestão e as vendas. Busque formas de reduzir custos, ser mais sustentável e envolvido com a comunidade. Busque casos de sucesso para se espelhar. Visite negócios em locais diferentes do seu, respire novos ares e inspire-se.

11 – Faça planejamento estratégico
O planejamento estratégico deve ser feito a partir de uma sequência lógica. Os planos de ações são feitos para curto, médio e longo prazo.  Após a análise de cenário, você deve elaborar os objetivos gerais e as estratégias gerais, o que quer alcançar e como, visando aproveitar as oportunidades identificadas no ambiente externo, aprendendo a lidar com as ameaças, também reconhecidas nesse mesmo ambiente. Em seguida, para o alcance dos objetivos e estratégias gerais, aproveitando suas fortalezas e minimizando suas fraquezas, identificadas no ambiente interno, elabore objetivos e estratégias por áreas funcionais da empresa.

12 – Busque apoio sempre
Você não está sozinho em sua caminhada. Há entidades de fomento, sindicatos, instituições financeiras e tecnológicas prontas para oferecer dicas, orientações e apoio. Participe de eventos, capacitações presenciais e virtuais, atividades de relacionamento para garantir sempre o sucesso da sua empresa.

Selecionamos várias soluções que apoiam todas as 12 dicas. Dessa forma, você conseguirá facilmente aplicar as ações e obter sucesso na empreitada.

 

Leia Mais

O checklist para planejamento e abertura de empresa

 

Baixe grátis

Planilhas de gestão - ferramentas digitais para sua empresa.